quinta-feira, 21 de agosto de 2014

3ª etapa da 1/8 GT cumprida! Rodrigo Koehler leva mais esta! Muita emoção na pista e duelos esperados aconteceram!























Um sábado frustante para os treinos - chuva e frio, prenunciava um domingo igualmente ruim e com possibilidades de cancelamento da etapa.  Mas São Pedro é fã do RC e o domingo amanheceu nublado e foi esquentando ao longo da manhã e só voltou a chover no final da tarde, dando condições de realizarmos as duas baterias e o pessoal da Super Stock e Clássicos realizarem quase todos os heats.

Eram esperadas novidades no giral com a volta do Francis Soppa e a estréia dos pilotos de Chapecó - SC, Osni e Sérgio Nissola.  Francis frustou nossas expectativas e adiou a volta para a próxima etapa.  Já os pilotos de Chapecó estrearam e experimentaram a emoção e a adrenalina de uma competição - com certeza vão retornar para as próximas etapas.

Foi um domingo de muito congraçamento entre as três categorias - tão diferentes entre si mas tão similares na paixão pelo hobby.  Como sempre contamos com a direção de prova segura do Clarel Castilhos e a cronometragem competente do Anderson Nicoforenko, apesar do sistema ainda apresentar uns "bugs" que acabaram atrasando o início das atividades.

GT

Na GT esperávamos o duelo entre Rodrigo Koehler e Marcos Silva o que chegou a acontecer em alguns momentos desde a tomada de tempos que acabou ficando com o Marcos na pole.


Na 1ª bateria Marcos Silva largou na pole seguido de Vinícius e Sérgio Nissola de Chapecó.  Rodrigo Koehler caiu para sexto e chegou a segunda posição na volta 22 quando Marcos Silva teve problemas no carro e ficou parado por seis voltas e retornou em sétimo lugar.  Djalma Mendes teve problemas no transponder e não marcou voltas tendo que abandonar a bateria.  Depois da parada do Marcos o Rodrigo assumiu a ponta seguido de Angelo Strassburger, também de Chapecó, seguido por Carlos Dalcol, Vinícius, Marcos, Osni e Sérgio Nissola.  A bateria terminou com a recuperação do Marcos Silva em terceiro, Angelo Strassburger em segundo e Rodrigo Koehler vencendo a bateria.

 Na segunda bateria a batalha anunciada entre Rodrigo e Marcos parecia que iria acontecer.  Rodrigo larga na ponta e já na terceira volta Marcos Silva já estava na cola em segundo, assumindo a primeira posição já na sétima volta, seguido de Rodrigo, Angelo, Dalcol, Vinícius, Djalma, Osni e Sérgio.  Daí para a frente foi uma corrida cerebral - Marcos dando tudo e baixando tempo e Rodrigo mantendo a segunda posição que lhe garantia com folga o título da etapa. Marcos faz a volta mais rápida da etapa com 15.305, mas em um choque com um retardatário o braço do servo solta e abandona na volta 82.  Rodrigo assume a ponta, seguido de Angelo, Vinícius (que ultrapassa Marcos em número de voltas na última volta) em terceiro.  Marcos ainda termina em quarto lugar.


















No cômputo da duas baterias o vencedor da etapa foi Rodrigo Koehler, em segundo lugar ficou Angelo Strassburger e em terceiro lugar, Marcos Silva que também levou o troféu pela volta mais rápida.












O campeonato continua embolado, apenas um ponto separa Rodrigo do Djalma pelos critérios de descarte:
















Até o quarto colocado o campeonato continua em aberto!  E a briga promete esquentar com o retorno do Francis e do Bráulio, que não pode participar desta etapa.  Esperamos Grid cheio para a 4ª etapa.

Super Stock e Clássicos

Transcrevo o texto elaborado pelo Lincoln Almeida descrevendo como foram as etapas da Super Stock e Clássicos.

Na Clássicos, a coisa embolou tudo. Sentimos a falta de João Manoel Almeida que trocou a etapa pela ida ao Beto Carreiro. Infelizmente João isso pode te custar a liderança do campeonato, pois o líder até o momento teve sérios problemas, terminando em quarto lugar.

Os heats foram muito disputados e ao final da etapa ficamos assim.

1 Luiz Francisco Andrade Lima
2 Leonardo Ferrari
3 André Woller
4 Otávio Langowski
5 Luiz Carlos Lima Jr

Vale ressaltar a grande evolução de André Woller e Leonardo Ferrari que inclusive cravou a melhor volta com 17.768.

Na Super Stock, a coisa foi muito interessante, Lincoln Almeida cravou mais uma vez a pole, sendo a terceira seguida e saiu na frente, seguido de Willian Capitelli, Alexandre Hirata, ....

Em todos os heats, a disputa se mostra cada vez mais acirrada, tivemos um piloto vencedor em cada heat.
No primeiro Lincoln, no segundo Alexandre e no terceiro Willian.

As demais posições sempre iam mudando a cada volta.

Não pudemos realizar os demais Heats, pois o atraso no inicio das atividades ocasionado por a pista não estar em condições e um novo problema no sistema fez com que as atividades se encerrassem com apenas 3 dos 6 Heats concluídos.

Ao final dos 3 Heats a etapa termina assim.

1 Lincoln Almeida
2 Alexandre Hirata
3 Fabiano Franco
4 Adriano Ferro
5 Willian Capitelli
6 Edson Nicola Lima
7 Rodrigo Xray
8 Otavio Langowski
9 Hamilton Julio Junior
10 Miguel Woller
11 Lucas Baruffi
12 Vitor Ohta
13 Edison Oliveira Gomez
14 Marco Antonio Melo
15 Luiz Sérgio Gonzaga

Melhor volta Willian Capitelli 14,446

Em conversa com o Piloto Lincoln o mesmo estava muito feliz, pois vem tentando se firmar neste campeonato desde a primeira etapa e sem sucesso. Disse Lincoln " É engraçado, pois nas primeiras 3 etapas, meu carro era definitivamente o mais rápido do grid, com sobra, mas sempre algo dava errado, ou era uma fita mal presa, ou um acidente e isso fazia eu ficar de fora da primeira colocação. E desta vez que meu carro era bom, mas com o decorrer do dia foi ficando não tão rápido eu acabei tendo a sorte de me colocar bem nos 3 heats e ficando com a vitória. Acho que isso vai de encontro com o contrato que firmei com a Dino Racing de forma formal . A sorte da maior equipe de rc da América latina já esta dando resultado. "Que venham as próximas etapas, Willian Capitelli já era, agora em busca de Fabiano Franco. Ele é o foco agora.

Valeu Galera..
Nos encontraremos na 4ª etapa do Campeonato Paranaense 1/8 GT em 14/09, novamente com Super Stock e Clássicos.

Acessem www.facebook.com/campeonatogt

FOTOS



Luiz Carlos Lima da Hotestantes e seu fusca.

Pilotos e público presente

Papo descontraído.

O Maverick do André Woller.

Acompanhando as provas


Um dos pegas da GT

Carro do piloto Osni Nissola

Carro do piloto Sérgio Nissola

Carro do piloto Vinícius Brás


Um pequeno acidente entre Marcos Silva e Djalma Mendes


Carro do piloto Angelo Strassburger

Pose dos carros participantes

Lincoln Almeida, presidente da CAAR, anotando o setup.

Foto oficial

Angelo, Sérgio e Djalma

Dalcol, Marcos e Djalma




Testando o carro








Os estreantes Sérgio e Osni Nissola de Chapecó - SC

É sempre bom ver tantos carros no box!

Wagner Hirata, Angelo e Sérgio







Rodrigo Koehler recebe o troféu de campeão da etapa.

Angelo Strassburger recebe o troféu de segundo lugar na etapa

Marcos Silva, da Alpha RC, recebe o troféu de terceiro lugar da etapa

Marcos Silva recebe o troféu pela volta mais rápida da etapa


























O pódio da GT

Fabiano Franco recebe o troféu de terceiro colocado na etapa da Super Stock

Alexandre Hirata recebe o troféu de segundo lugar na etapa da Super Stock
Lincoln Almeida recebe o troféu de campeão da etapa da Super Stock
Willian Capitelli recebe o troféu pela volta mais rápida da etapa na Super Stock
O pódio da Super Stock
André Woller recebe o troféu pelo terceiro lugar na etapa da Clássicos
Leonardo Ferrari recebe o troféu de segundo lugar da etapa Clássicos
Luiz Francisco Lima recebe o troféu de campeão da etapa Clássicos


O pódio da Clássicos

Fotos de Luiz Francisco Andrade Lima e Gilca Costa

9 comentários:

Márcio Sanita disse...

Fala aí seu Luiz, cadê o GT2? Faz tempo que não o vejo na pista.
Abraço.
Márcio

Luiz Gustavo disse...

Obrigado, Márcio. O GT2 está em recesso nestes meses. Mas assim que der retorno as pistas em uma das próximas etapas.

Anônimo disse...

Ei seu Luiz, você poderia me explicar o porque de realizarem o campeonato inteiro dos GT's na caar?
Só agora que percebi, pois pelo que me lembro as pistas seriam mescladas este ano, não?

Ass.: Luckyan Quintino

Luiz Gustavo disse...

Luke,

as provas da GT e 1/10 nitro foram transferidas para a CAAR por motivos econômicos. Não tínhamos quorum nas provas das duas categorias para bancar as despesas de realização das provas. A CAAR decidiu transferir todas as provas da 1/10 nitro para sua pista e, como a GT não é uma associação e sim um grupo de pilotos que curtem a mesma categoria, não tínhamos suporte financeiro para bancar os custos das provas na Thalia com apenas 6 pilotos participando. Somente na 3ª etapa conseguimos reunir um grid de 8 pilotos e na 4ª etapa já esperamos atingir os 10 pilotos participantes. Além disso o custo para os pilotos é bem menor correndo na CAAR do que na Thalia.
Aguardo seu retorno.

Abraços.

Anônimo disse...

Valeu a explicação seu Luiz, e fique tranquilo, porque a próxima corrida no thalia eu estarei lá.
Att.:Luckyan Quintino

Luiz Gustavo disse...

Faço votos que vcs consigam viabilizar uma corrida na Thalia. Assim poderíamos ter provas nas duas pistas. Esperava que vc viesse correr na CAAR também. A pista é menor mas a estrutura é boa e a emoção é a mesma.

Abraços

Anônimo disse...

Preciso coroa segunda marcha
OFNA DM-ONE URGENTE
Nélio 041-3339-8492 .

Anônimo disse...

Seu Luiz, sinceramente prefiro o thalia, mesmo assim não me importo com a pista, mas é o pai que manda, né?(risos). O Marcos está pra organizar o brasileiro de GT aqui em Curitiba, só que no thalia, e se der tudo certo nos veremos lá.
Att.: Luckyan Quintino

Luiz Gustavo disse...

Beleza, Luke! Espero que o Marcos consiga viabilizar o Brasileiro na Thalia. O problema é o calendário. Se acontecer nos veremos no Thalia.

Abraços