terça-feira, 3 de setembro de 2013

Finalmente a 3ª etapa do Paranaense 1/8 GT aconteceu!




























Finalmente foi realizada a 3ª etapa do Campeonato 1/8 GT, após dois adiamentos a etapa aconteceu no último sábado e último dia do mês de agosto. A polêmica gerada pelos adiamentos fez com que a Comissão de Corridas decidisse não mais adiar uma etapa devido a previsão do tempo desfavorável.  A decisão só será tomada no dia da prova e dependendo da condição da pista.

Apesar dos adiamentos tivemos um grid cheio com 14 pilotos presentes e dispostos a disputar palmo a palmo os metros da pista.  Foi um recorde de inscrições do campeonato inclusive com a estréia do piloto Luis Filipe em sua primeira corrida on road e a participação importante, apesar de esporádica, do Marcio Sanita.

A etapa começou com a tomada de tempo classificatória com os pilotos divididos em 2 baterias com 7 e 8 pilotos cada.  A tomada de tempo, uma luta de cada piloto contra o relógio, acabou com Marcos Silva ficando com a pole, seguido de Gustavo Lagos, Guto Moraes e Chico Lima, todos na mesma volta do pole. Na tomada de tempo já tivemos uma baixa - Jorge Montoro nem largou com problemas no diferencial e abandonou a etapa.

Como tínhamos mais de 12 pilotos foi adotado o procedimento de corrida previsto para mais de 12 pilotos que previa 2 semi finais, uma com 7 pilotos e outra com 8 pilotos.  O resultado destas semi finais iria determinar as posições de largada dos 12 pilotos classificados e a eliminação de 2 pilotos.

Com o resultado das tomadas de tempo foram formados os dois grupos das semi finais.  Na semi A largaram Marcos Silva, Chico Lima, Marcio Sanita, Carlos Dalcol, Bráulio Junior e Nélio Smolareck e na semi B largaram Gustavo Lagos, Guto Moraes, Luckyan Quintino, Luiz Gustavo, Luis Filipe, Lucas Lima e Djalma Mendes. Nas semi finais deu para ver que a luta seria entre Marcos Silva e Gustavo Lagos que disputavam a primazia de bater os 20 segundos, mas para azar do Guga o motor do carro não aguentou e, após trocar o motor, retornou a pista andando forte mas sem tempo para fazer as 20 voltas necessárias para se classificar para a final.  A sorte não tem ajudado ao Guga que em todas as etapas do campeonato não tem conseguido boas classificações, sempre por problemas mecânicos. Assim sendo, Guga e Jorge Montoro ficaram de fora da Final, cujo grid de largada ficou assim: Marcos Silva, Marcio Sanita, Guto Moraes, Chico Lima, Carlos Dalcol, Nélio Smolareck, Luckyan Quintino, Luiz Gustavo, Lucas Lima, Bráulio Junior, Djalma Mendes e Luis Filipe.

Como o nosso problema crônico é a falta de mecânicos para box e gandulagem, a Comissão de Corridas optou por dividir a final em dois hits com 6 pilotos cada e o resultado final seria a intercalação dos resultados de ambas as finais.  Com esta fórmula tivemos mecânicos e gandulas suficientes para o bom andamento da prova.  Não seguimos o regulamento mas foi a única forma de haver uma final pois não teríamos mecânicos suficientes nem para posicionar os carros no grid, muito menos para o abastecimento.

As 16:20 horas largou a primeira bateria da final com o grid  composto por Marcio Sanita, Chico Lima, Nélio, Luckyan, Bráulio e Luis Filipe.  O que assistimos foi uma corrida espetacular do Bráulio que nas tomadas de tempo e semi final não foi bem, ficando no pelotão do fundo e na final seu carro resolveu trabalhar e o Bráulio terminou em 1º com 67 voltas, seguido do Luckyan com 64 voltas e Marcio Sanita com 58 voltas.

As 17:00 horas largou a segunda bateria da final com o grid composto por Marcos Silva, Guto Moraes, Dalcol, Luiz Gustavo, Lucas Lima e Djalma Mendes.  Nesta final assistimos ao show de pilotagem do Marcos Silva tentando bater o número de voltas feito pelo Bráulio, mas foi traído pelo carro que morreu e prejudicou sua corrida. Guto, Djalma e Dalcol brigavam pelo segundo lugar até um erro do Djalma que o tirou da briga e o carro do Dalcol teimava em rodar nas saídas de curva, desta forma Guto segui sossegado na segunda posição com Luiz Gustavo em terceiro.  Esta situação continuou até que problemas com o carro do Guto jogou a segunda posição no colo de Luiz Gustavo. A bateria terminou com Marcos Silva em 1º com 65 voltas, seguido de Luiz Gustavo com 59 voltas e Dalcol em terceiro com 58 voltas.

Com a mesclagem das duas finais o resultado da etapa ficou assim: Bráulio Junior em 1º, Marcos Silva em 2º e Luckyan em 3º.  O líder do campeonato, Luckyan, continua "comendo pelas bordas" e mesmo com o 3º lugar manteve a liderança do Campeonato.

Parabéns ao Bráulio pela vitória e pela bela pilotagem e a todos os pilotos pelo sucesso de mais esta etapa.
























O diretor de prova, Niko, entrega a medalha de 3º lugar para Luckyan Quintino.

Marcos Silva recebe sua medalha de 2º colocado do diretor de prova, Niko.

O Campeão Bráulio Junior recebe a medalha de Niko.
































Bráulio e Dalcol - foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima


























foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

Luke e seu carro - foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima
foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima

foto de Chico Lima
































Parafraseando Pedro Bial - Os Heróis!


15 comentários:

Chico Lima disse...

Alguem tem Servo para vender ? Preciso para próxima etapa ! Podem mandar fotos modelo e preço no meu e-mail : luizfranciscolima@hotmail.com

Márcio Sanita disse...

LG e comissão, apesar da pouca participação e devido a isso talvez não me caiba o direito de opnar, mas assim mesmo gostaria de deixar um comentário.
Da forma que foi feito o cruzamento simplesmente quem andou bem no primeiro heat foi descartado, não valeu de nada. Na minha opinião deveria ter sido feito por pontuação de cada heat e o desempate por voltas (ou melhor volta, sei la). Eu por exemplo dei tudo no primeiro heat e depois por alguns problemas não fui muito bem no segundo (mesma assim fiz terceiro) e acabei mal na geral.
De qualquer forma acho que serve de apreendizagem, a regra precisa estar clara no começo pois se soubesse que valeria so o segundo heat eu não largaria no primeiro.
Numa corrida fazer um segundo e um terceiro lugar e ficar em quinto na geral é desmotivante.
Fica aí para pensarmos.
Mas mesmo assim, com todos os problemas enfrentados o dia e as companhias foram otimas, varios pegas.
Abraço a todos.
Márcio

Luiz Gustavo disse...

Marcio, as duas baterias da semi finaltinham como único objetivo selecionar os 12 pilotos que participariam da final. Isto está no regulamento. Tínhamos 14 pilotos inscritos e como resultado da semi final ficaram de fora o Jorge Montoro e o Guga. Portanto, se vc não tivesse corrido, estaria de fora da final como aconteceu com o Jorge e não pontuaria para o campeonato. Pois quando temos mais de 12 pilotos só pontuam os 12 classificados para a final. Abraços

Anônimo disse...

Bom dia Pessoal, realmente teremos que fazer algum adendo no regulamento para os casos de mais de 12 carros, que acredito que a partir de agora, será frequente em nossa categoria , como a categoria 1/8 GT é democrática, seria bom todos os pilotos exporem as suas opiniões sobre qual o formato deveria ser utilizado no caso de mais de 12 pilotos, lembrando que na 2ª etapa se não me engano, o regulamento acabou não sendo seguido, e foram 2 baterias de 25 minutos para cada grupo de pilotos , no final ocorrendo o cruzamento dos resultados . Talvez este seja a melhor forma mesmo , já que possuímos os problemas em relação a quantidade de mecânicos e gandulas para auxiliar durante a prova.

Outra coisa seu Luiz, eu não estou em terceiro colocado, não me inscrevi na primeira etapa, e o não comparecimento e não pagamento da inscrição automaticamente não valem como descarte, no caso tenho 49 pontos, e não 93 pontos. ok?

Att.

Marcos Silva

Anônimo disse...

De qualquer forma , fico extremamente feliz com o nível que os pilotos estão alcançando, a evolução de todos participantes. Estão todos de parabéns, e sem dúvidas, nesse nível de pilotagem, é possível participar de provas à nivel internacional e nacional sem fazer feio !!!

Luiz Gustavo disse...

Marcos, corrigi a tabela em duas situações. Inverti a colocação do Dalcol e Sanita. Tinha colocado o Dalcol em 5º quando esta posição era do Sanita. E corrigi a tua colocação. Atitudes como a tua, apontando erros que o beneficiam, devem ser louvadas.

Abraços

Luiz Gustavo disse...

Quanto ao regulamento vamos ter que estudar bem uma nova fórmula que atenda da melhor maneira nossas necessidades de competitividade e de pessoal de suporte.

alexandre Quintino disse...

Bom dia amigos da GT

É isso aí, só iremos evoluir, corrigindo as falhas com ideias construtivas, estamos no caminho certo.
Não adianta os próprios companheiros que participam lá com a gente, utilizar-se desta ferramenta de comunicação e detonar o que estamos construindo, quer ajudar dê ideias construtivas e lute para a união do hobby.
Abraço,
Alexandre Quintino.

Anônimo disse...

Pessoal, gostaria de sugerir uma mescla dos modos realização das corridas já utilizados. Podemos fazer um sistema como fizemos na primeira etapa deste ano, fazendo a somatória dos resultados de cada piloto na primeira e na segunda bateria, porém com o excesso de pilotos seria necessário dividirmos primeiro heat em 2 e o segundo também em 2, ficando assim com 4 heats (sendo que cada piloto correria apenas dois heats mais a tomada de tempo) e posteriormente mesclando os resultados .
Desta forma todos poderiam ter um pouco mais de chance, além de (na minha opinião) ser menos sacanagem. Podemos citar como exemplo a minha situação, além da do Márcio: na semifinal fiz 7º (se não me engano) e ainda consegui levar o 3º na etapa, o que na minha sincera opinião, não seria justo.
Abraços,
Luckyan Quintino

Anônimo disse...

Amigos, confesso que desanimei bastante por problemas de equipamento que tive na 2a e 3a etapas. Marcão, vc tem meu respeito e amizade mas cara, reveja seu produto, ou melhor, os lotes que estão indo para pista... e ainda com relação ao regulamento nesta última matou(comentarios já efetuados por outros acima). Foram 3 etapas e 3 metodologias diferentes utilizadas. Não estou questionando se o regulamento foi ou não seguido. Confesso que li mais de uma vez o regulamento e não concordo....O engraçado é eu fazer parte da comissão tendo que defender algo que não concordo! Juntar 14 pilotos e descartar dois??pra mim não tem cabimento.... Tem custos envolvidos, tem tempo envolvido... Acho desmotivante....
SuperFinal??? Somos em 50 pilotos por acaso??Enfim, estou apenas expondo minha opinião face o respeito aos outros pilotos e inclusive amigos novos que fiz. Não estou querendo levantar plebicito nenhum... Kkkk
Posto isso tomei a seguinte decisão, solicito minha substituição na comissão das corridas, pela incoerência ja mencionada acima e por eu não mais participar do camp paranaense deste ano. Vou continuar brincando nos sabados , mas campeonato não irei mais correr.
Abraço a todos. Guto Moraes

guga disse...

queria manifestar minha opção de escolha pelos 2 hits de 25 minutos somando-se os resultados das duas baterias e depois cruzando tudo , tendo assim o resultado geral ... assim como foi feito anteriormente nas copas e primeiras corridas ... pois assim todos podem desfrutar das corridas e conseguimos ajudar a todos nos boxes .... parabens ao grande piloto e grande amigo ao qual torci muito pelo sucesso na corrida ... o campeão da 3a etapa Braulio ( PAC MAN ) .... você mandou muito bem amigo ... pena que não pudemos desputar essa , mas vai ter outras oportunidades da gente arrepiar os carros ..... show garoto !!!
só queria que os amigos a companheiros não perdecem a motivação , pois comigo aconteceu de não conseguir correr na final , por motivos responsabilizados somente a minha pessoa ( pois eu que escolhi correr com motor muito usado )e mesmo com pouquissimas chances de levar o título , ainda estarei competindo firme e mostrando muita vontade e velocidade total na pista !!!

ass Guga

guga disse...

aos amigos que estão questionando o formato de semifinais , é isso ai mesmo o que rola ... semi final é somente o passaporte para o final ... a carimbada ... a passagem ... no off , devido ao numero de pilotos serem mais de 25 em média ... as semifinais tem o grid cheio ... são todos contra o relógio ... e somente os 12 melhores tem a honra de acelerar na finalíssima ... e se vc quebrar , correr mal , não tem choro que resolva ... é normal o que aconteceu ....

o que aconteceu comigo e acredito que tenha acontecido com outros pilotos , foi a falta de informação minha ,quanto ao formato que iria ser feito no dia , pois pensava que iriam ser 2 pedradas de 25 minutos , conforme acontecido antes ... e quando quebrei no aquecimento da minha semi , fui arrumar o carro bem de boa , sem pressa nenhuma , jah preparando para o segundo hit , o qual ia usar somente para treino e curtição , devido a quebra do motor com o motor trocado , subi ao lado do Nico , e ai que fiquei sabendo da gravidade da situação .... era semi-final e tava valendo ... k k k k k k foi uma surpresa ... levei uns 20 minutos pra trocar embreagem e motor .... levava 5 na correria e voltava pra me salvar ... mas pensei que teria ainda mais uma ainda .... hehehehe dei risada com o Nico , levei uma mordida de vespa no braço e naquele instante ainda havia esperança na minha cabeça .... k k k k foi emoção a cada volta .... um abração a equipe HOTESTANTES pela amizade e pela ajuda ... mais sorte pra gente na próxima !!! valeu galera !!
guga

Márcio Sanita disse...

Concordo e respeito todas opiniões aqui expostas, porém não nos esqueçamos que salvo o Marcos e o pessoal da Hotestantesque "vivem" do hobby, a maioria (como eu) usa isso como descanso (livrar do stress do dia a dia) e quando existe um nível grande de competição gera stress e afasta os que não querem se incomodar.
Turma, mais uma vez, são opiniões para melhorar não são críticas destrutivas. Sabadao estarei lá novamente dando altas risadas...
Abraço povo!!!

Luiz Gustavo disse...

A todos que expuseram suas opiniões quero dizer que vejo em todas críticas construtivas e um objetivo único de melhorarmos nosso campeonato. O nível da discussão está excelente e o que dá para perceber é que quase ninguém conhece o regulamento (inclusive eu) e este desconhecimento é que acaba causando estas falhas. Vou reunir as opiniões expressadas nestes posts e formatar um regulamento para discutirmos e em cima dele sugerirmos alterações. A versão final ainda será submetida a um referendo nacional, com a coordenação do TRE. rsrsrs

guga disse...

acho que o formato de duas finais de 25 min , dividindo todos os pilotos em 2 grupos é o mais sensato e mais interessante a se fazer , pois assim todos tem chances de correr as finais , os resultados são justos e os boxes ficam supridos .... se tivermos mais de 24 pilotos inscritos , ai sim utilizamos as semifinais para eliminar o excedente de pilotos ... mas com menos de 24 pilotos , podemos fazer o formato sugerido que atenderá a todos e dará condições de igualdade e de recuperação nas corridas !!! abraço a todos !!! guga